sábado, 26 de fevereiro de 2011

Sono, não sente sono também?


Vem sono, vem!

Me embale nesta noite como se eu fosse um neném.

Estou cansada, tão cansada. Por favor, não me desdém.

Mais uma vez tarde da noite e você nesse vaivém.

Vem sono, vem!

Não me faças ficar aquém,

Aqui sem ninguém.

Não sente sono também?

Vem sono, vem!

Isto é uma prece.

Amém!

2 comentários:

  1. Leve!
    Como leve pluma, muito leve.
    Leve!
    Pousa!
    Muito leve.
    LEVE!
    Pousa!

    ....SUAVE COISA NENHUMA, QUE EM MIM AMADURECE....

    ResponderExcluir
  2. "Odeio" anônimos! rs Mas amo esta música!

    ResponderExcluir